Páginas

quarta-feira, 24 de dezembro de 2008

Poesia... DÉCIMA PRIMEIRA VEZ

DÉCIMA PRIMEIRA VEZ

Foi a décima primeira vez
Não tenho nada para falar
Você me satisfez
Somente em comigo estar

Nem sei o quanto
De mim ficou por lá
Mas já estou pensando
Em mais uma vez voltar

O coração marcou o ritmo
E o modo de suspirar
Quando eu sentir o atrito
Não quis mais parar

Agora eu sei
O quanto mais devo esperar
Digo isso porque voltei
E sei que você voltará

Da cidade do Porto
Boa lembrança trará
Para a cidade do Porto
Boa lembrança levará

Vá passear
Refrescar os pensamentos
Mas não se deixe lá
Porque fora do Porto lembro dos momentos

(Lucimar Simon)

Um comentário:

  1. RSRSRS É, SEM COMENTARIO :)
    BEIJOS TE ADORO...

    ResponderExcluir

Após a leitura do texto poste um comentário se quiser.
Ficarei muito feliz em saber que você leu e algo de importante foi acrescentado a sua vida e pensamento. Sim, outra coisa. Respostas aos comentários serão dadas aqui, se estes forem pertinentes ou necessarios dos mesmos. Por tanto volte após seu comentario. Volte sempre a casa é sua é nossa é de quem vier.