Páginas

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

Texto: REALIDADE

REALIDADE

Café com bolo, mistura de bolo regina,
Café com bolo, a luz da vida ilumina,
Café com bolo, faltou o sorriso da menina,
Café com bolo, fecha os olhos e imagina.

Passado ilusão de ótica,
Presente tempo real,
Futuro a ninguém pertence,
Passado, presente, futuro, quem tem?

Mesa quadrada, dois lugares,
Mesa quadrada, um lugar vazio,
Mesa quadrada, sonho infantil,
Mesa quadrada, e os olhares?

Existem momentos singulares,
Existem sonhos lendários,
Existem dias infelizes,
Existem retas, curvas e parábolas.

Menino louco, acorda para vida,
Menino louco, desfaça as malas,
Menina louca, largue a boneca,
Menina louca, menina mulher?

Desfaça os sonhos, abra os olhos,
Desfaça os dias, verifique as noites,
Desfaça os passos, recue um tempo,
Desfaça os todos, o tudo, os nadas.

(Lucimar Simon)

Um comentário:

  1. Esse poema é mt bonito. Gosto de ler o q vc escreve Lucimar poeta!

    ResponderExcluir

Após a leitura do texto poste um comentário se quiser.
Ficarei muito feliz em saber que você leu e algo de importante foi acrescentado a sua vida e pensamento. Sim, outra coisa. Respostas aos comentários serão dadas aqui, se estes forem pertinentes ou necessarios dos mesmos. Por tanto volte após seu comentario. Volte sempre a casa é sua é nossa é de quem vier.